Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 25/04/2017, por Redação Atualizado: 25/04/2017 às 21h45, por Redação

Educação

Professores são capacitados pelo Sebrae para levar educação empreendedora à sala de aula

Ações contribuirão para o desenvolvimento local e da cultura empreendedora na região, estimulando a formação de agentes transformadores.

Alisson Leite de Andrade [alisson@varjao.com]

DivulgaçãoDivulgação

Com o objetivo de capacitar professores do Ensino Fundamental para incentivar estudantes à cultura do empreendedorismo no caminho entre a sala de aula até o mercado de trabalho, o Sebrae Bahia iniciou em Teixeira de Freitas, no Extremo Sul da Bahia, a capacitação de 22 professores para o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). Os encontros aconteceram entre segunda-feira, 17, e quinta-feira, 20. Posteriormente, também serão contempladas as cidades de Medeiros Neto, Ibirapuã e Itagimirim.

A educação empreendedora estimula o desenvolvimento do ser humano em todas as suas dimensões, contribuindo assim para o aperfeiçoamento de competências e habilidades empreendedoras. De acordo com o gerente regional do Sebrae em Teixeira de Freitas, Alex Brito, a atuação dos professores capacitados pelo JEPP é de grande importância para o desenvolvimento econômico do país, “A melhor forma de gerar emprego e renda é incutir na educação de base o tema empreendedorismo”, disse. Ainda segundo Brito, uma nova geração incorpora formas de pensar e agir muito mais dinâmicas e autônomas. Por conta disso, é essencial que esses indivíduos sejam formados dentro de uma educação empreendedora.

O secretário municipal de Educação de Teixeira de Freitas, Hermon Freitas, disse que o projeto pedagógico elaborado pelo Sebrae para o JEPP atende e respeita a todos os parâmetros do alcance cognitivo dos estudantes, conforme a faixa etária ao longo de todo o Ensino Fundamental. Para ele, a iniciativa tem a função de encorajar e incentivar o potencial empreendedor no desejo de buscar mudanças, reagir e interagir, explorando a oportunidade de negócios. “O que nós esperamos é que essas crianças, ao terem a suas capacidades empreendedoras desenvolvidas, possam fazer complemento de renda no futuro para as suas famílias ou até mesmo que se tornem grandes empreendedores”.

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Sebrae Educação Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.