Crimes

Irmãos que assassinaram uma adolescente se entregam à polícia em Eunápolis

Eles utilizaram uma faca e uma estaca de madeira de três metros para espancar a jovem

Redação com informações Radar 64
29/03/2017 por Alessandro Granda, atualizado em 29/03/2017 às 07h34 por Alessandro Granda

(Foto: divulgação Polícia Civil) (Foto: divulgação Polícia Civil)

A Polícia Civil apresentou os irmãos Paulo César Santos de Jesus, de 20 anos e Ismael Santos de Jesus, de 18, apontados como autores da morte da adolescente Alana Ribeiro dos Santos, 16 anos, em Eunápolis. Acompanhados de um advogado, eles compareceram na sede da delegacia territorial. Paulo e Ismael foram apontados pelo outro acusado, Bruno Almeida, 19 anos, preso na última segunda-feira, dia 27, como co-autores do crime.

Segundo informações da Polícia, Alana tinha um relacionamento com Bruno e havia revelado que estaria grávida, fato que acabou determinando a sua morte.

Durante depoimento, Paulo disse que Bruno o convidou e a Ismael para irem até o local onde Alana foi morta, próximo a uma lagoa entre os bairros Stela Reis e Ariosvaldo Reis. “Eu e o Ismael estávamos lá quando Bruno chegou com a Alana. Os dois começaram a discutir e o Bruno tentou agredi-la com uma faca”, relatou Paulo, afirmando ainda que a jovem acabou sendo espancada por ele e por Bruno e que Ismael ficou apenas olhando.

Os três utilizaram uma faca e uma estaca de madeira de três metros para espancar a jovem. As armas do crime foram localizadas pelos investigadores da Policia Civil numa lagoa próxima ao local onde o corpo de Alana foi encontrado. “Os acusados apontaram onde as armas haviam sido deixadas após o crime”, revelou o novo delegado titular da 1ª Delegacia Territorial, Bernardo Pacheco, que também participou das investigações.

“Inicialmente eles tentaram agredir a jovem com uma faca e depois Bruno e Paulo se intercalaram agredindo Alana com a estaca de madeira. Ismael teria ficado responsável pela segurança da área”, relatou o delegado Moisés Damasceno, coordenador da 23ª Coorpin, com base nos depoimentos dos acusados.

Bruno, Paulo e Ismael foram autuados por homicídio qualificado por motivo torpe. O trio vai ficar custodiado na Delegacia de Eunápolis e à disposição da Justiça.

Link curto: http://bit.ly/2qjjxyr

TÓPICOS:
Prisão Trio Morte Adolescente Eunápolis Polícia

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu