Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 20/03/2017, por Alessandro Granda Atualizado: 20/03/2017 às 06h51, por Alessandro Granda

Geral

Discussão por pertubação do sossego público termina com dois baleados

Confusão aconteceu na cidade de Prado após bate boca com a polícia

Redação com informações Prado Notícias


(Foto: Prado Notícias)(Foto: Prado Notícias)

Uma comemoração entre amigos terminou em confusão na noite do último sábado, dia 18, em um bar na Praça de Eventos no centro de Prado. Na oportunidade, havia um carro com som automotivo ligado e os policiais foram chamados pela população por conta da perturbação do sossego público.

De acordo com informações de populares, os policiais solicitaram que abaixasse o som. O pedido foi inicialmente atendido, mas não demorou muito novamente aumentaram o volume do som. Os policiais retornaram ao local e quando faziam a apreensão do veículo iniciou uma acalorada discussão.

Durante abordagem dois jovens foram atingidos por disparo de arma de fogo. As vítimas foram socorridas e encaminhadas para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da cidade de Prado. Familiares e amigos das vítimas, afirmam que os policiais agiram de forma truculenta. “Os dois policiais bateram neles e quem estava na frente. Apontaram arma e disparam”, revelou um amigo das vítimas.

Os jovens após serem atendidos na UPA, foram levados para o Hospital Geral de Prado. Depois, os dois foram transferidos para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas.

O comando da 88ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), responsável pelo policiamento no município do Prado, na tarde deste domingo (19), emitiu um comunicado. Veja abaixo a nota na íntegra:

(Foto: Prado Notícias)(Foto: Prado Notícias)

Pelo que pudemos apurar até agora, a guarnição da Polícia Militar esteve no local (Praça de Eventos) para atender à diversas solicitações de perturbação do sossego, tendo em vista que um reboque (carretinha) de som estava com o volume muito alto, causando incômodo a várias pessoas.

Nas primeiras vezes que lá estiveram, o dono do som não se apresentou, apenas diminuiu o som, provavelmente com um controle remoto, e considerando que o problema tinha sido resolvido, os policiais saíram para atender a outra ocorrência do mesmo tipo lá na área da Cabana 51.

Após retornarem de lá, foram novamente acionados pela Central que recebeu denúncia de que tinham aumentado o volume novamente.

Os policiais retornaram à Praça de Eventos e como desta vez nem o proprietário do som se apresentou, nem diminuiu ou desligou o volume, o guincho foi acionado.

Momentos após, quando viram a chegada do guincho se posicionando para recolher o reboque com o som, vários dos presentes se comportaram de maneira hostil, tentando impedir os policiais de fazerem a apreensão da aparelhagem de som, procedimento previsto em legislação.



Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Som Prado Baleados Polícia Confusão Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.