Geral

Consumo mínimo R$ 300 reais assusta frequentadores nas praias de Prado

“Inflação das areias” tem espantado moradores e turistas

Redação com informações Sul Bahia News
17/01/2017 por Alessandro Granda, atualizado em 17/01/2017 às 07h22 por Alessandro Granda

(Foto: Prado Notícias)(Foto: Prado Notícias)

Moradores e turistas estão assustados com a alta dos preços e a “inflação nas areias” da cidade de Prado. Para alguns a solução é levar comida e bebidas para o momento de lazer como alternativa para diminuir os gastos.

Segundo informações de quem freqüentam algumas praias do local, além de elevar os preços dos produtos, em uma das barracas a exigência é que o consumo mínimo seja de R$ 300 reais.

Nas redes sociais pradenses e turista reclamam dos preços exorbitantes praticados em um dos paraísos do litoral da Bahia. O jeito foi trazer a lanche de casa, “eu prefiro trazer minhas coisas e não ficar à mercê dessas pessoas que estão se aproveitando”, disse um turista.

Link curto: http://bit.ly/2JsYrqg

TÓPICOS:
Preços Turistas Moradores Prado Praias

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu