Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 30/11/2016, por Alessandro Granda Atualizado: 30/11/2016 às 09h26, por Redação

Acidentes

Falta de combustível pode ter sido causa de acidente com voo da Chapecoense

A análise das duas caixas-pretas vão ajudar a elucidar os motivos da queda do avião

Redação com informações do site MSN


(Foto: Reprodução/Internet)(Foto: Reprodução/Internet)

As duas caixas-pretas do avião da empresa Línea Aérea Mérida Internacional de Aviación (Lamia) que caiu na Colômbia, na madrugada desta terça-feira (29), foram encontradas e devem ajudar a elucidar a causa do grave acidente. A informação foi confirmada pela Aeronáutica Civil colombiana, que divulgou fotos nas redes sociais.

De acordo com informações divulgadas pelas maiores redes de notícias colombianas (como a emissora RCN, a Rádio Caracol e os jornal O Tiempo e El Espectador), duas aeronaves apresentaram problemas técnicos. A aeronave que conduzia a delegação da Chapecoense teve falhas elétricas quando estava a apenas 50 quilômetros do aeroporto de Antióquia e pediu prioridade de pouso. Ao mesmo tempo, porém, um voo da companhia Viva Colômbia solicitou emergência por problemas técnicos.

(Foto: Reprodução/Twitter)(Foto: Reprodução/Twitter)

Pelas regras aeronáuticas, um nível de emergência se sobrepõe ao de prioridade, o que fez com que o voo da Viva Colômbia tivesse prioridade na aterrissagem. Como não foi autorizado o procedimento de pouso, o avião da Chapecoense teve que fazer sobrevoar por duas vezes nas imediações do aeroporto. Isso teria contribuído para que a aeronave voasse mais quilômetros do que o estimado e teria comprometido o combustível da aeronave.

(Foto: Reprodução/Internet)(Foto: Reprodução/Internet)

Há alguns indícios de que isso pode ser verdade. O principal deles é de que o avião não explodiu ao se chocar. Se ele tivesse combustível nos tanques, isso seria inevitável. A outra possibilidade especulada é que a própria falha elétrica tivesse causado a queda do avião. Nesse caso, o próprio piloto teria decidido fazer círculos para queimar combustível e impedir justamente que houvesse uma explosão em caso de queda.

Todas essas possibilidade não são oficiais, somente após a análise das caixas-pretas da aeronave é que vai se precisar o que realmente aconteceu.

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Combustível Tragédia Chapecoense Pane Acidente Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.