Cidadania

Veracel capacita agentes de Desenvolvimento Comunitário na região

Projeto busca apoiar o desenvolvimento humano e social nas comunidades onde a empresa atua

Ascom / Veracel
17/11/2016 por Redação, atualizado em 17/11/2016 às 23h11 por Redação

Alunos - curso Agente de Desenvolvimento Comunitário (Ascom/Veracel)Alunos - curso Agente de Desenvolvimento Comunitário (Ascom/Veracel)

Fortalecer as comunidades e contribuir para o desenvolvimento do território. Com estes objetivos, a Veracel Celulose e a ONG Instituto Mãe Terra concluíram a formação de mais uma turma dos cursos de Agentes de Desenvolvimento Comunitário, e Associativismo e Cooperativismo. Os cursos fazem parte das estratégias de promoção do protagonismo socioeconômico estimulado pela Veracel e são oferecidos para os moradores das comunidades rurais e costeiras das áreas de operações da empresa. Mais de 150 moradores de 65 comunidades já participaram dessa formação. “Estamos presentes em dez municípios da região com nossas operações e são nas comunidades rurais e costeiras onde residem as pessoas que conhecem de perto como trabalhamos. Por isso, priorizamos essas comunidades nas nossas estratégias de atuação”, explica Izabel Bianchi, especialista de Responsabilidade Social da Veracel.

Alunos - Curso Associativismo e Cooperativismo (Ascom/Veracel)Alunos - Curso Associativismo e Cooperativismo (Ascom/Veracel)

Moradores dessas comunidades são indicados pelas lideranças e, durante os cursos, são capacitados para entender melhor as condições e necessidades de onde vivem, apoiar e incentivar o desenvolvimento de projetos e ações que beneficiem suas comunidades. “Primeiro, se desenvolve os sujeitos, depois se organiza a comunidade para que ela, com suas próprias pernas, consiga entender as demandas sociais coletivas, identifique as oportunidades e elabore projetos para captação de recursos que irão contribuir com o desenvolvimento local”, destaca a gerente de projetos do Instituto Mãe Terra, Flaelma Almeida.

“Para mim, a importância desse curso é a da regularização das comunidades, de poder captar recursos, de poder cuidar da nossa associação e da nossa comunidade. Não deixar de ter uma visão social”, reforça Paulo Roberto, morador da comunidade Embaúba, em Santa Cruz Cabrália, e participante do curso de Associativismo e Cooperativismo.

Participantes de uma das turmas do curso de Desenvolvimento Comunitário (Ascom/Veracel)Participantes de uma das turmas do curso de Desenvolvimento Comunitário (Ascom/Veracel)

Em 2017, os cursos serão oferecidos para as comunidades rurais ainda não atendidas e ações de fortalecimento e regularização das associações serão continuadas. “Nosso principal objetivo é desenvolver pessoas e instituições que possam interagir e contribuir positivamente em cada uma das localidades. Queremos promover ações desenvolvimentistas, minimizar as protecionistas e fortalecer o território. Afinal, não existem negócios sustentáveis em ambientes fragilizados”, complementa Bianchi.

Fórum de protagonismo juvenil: No dia 15 de dezembro, às 9h, na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), será realizado o 1º Fórum de Protagonismo Social Juvenil do Sul da Bahia. O evento tem como objetivo compartilhar informações, conhecimento e práticas das comunidades da região Sul da Bahia voltadas ao protagonismo social juvenil e empoderamento comunitário. A programação inclui apresentações culturais, palestras e rodas de diálogo, apresentação de iniciativas e empreendimento sociais de sucesso, exposição de ideias e projetos criativos e sustentáveis e lançamento da rede colaborativa em desenvolvimento.

Link curto: http://bit.ly/2qltKKV

TÓPICOS:
Veracel

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu