Crimes

Bispo evangélico é torturado e morto em Porto Seguro

Vítima foi assassinada com golpes de peixeira

Redação com informações do site Baianão
13/11/2016 por Alessandro Granda, atualizado em 13/11/2016 às 17h32 por Alessandro Granda

(Foto Baianão)(Foto Baianão)

Um homem de 44 anos foi morto vítima de latrocínio, roubo seguido de morte, na manhã do último sábado, dia 12, após ter sido abordado por bandidos quando saia da feira livre do bairro Campinho, na cidade de Porto Seguro, no sul da Bahia. A vítima identificada como Admilson Freitas Santos, natural de Salvador, era bispo evangélico.

De acordo com informações da polícia, a vítima tinha o hábito de todo sábado ir à feira livre fazer compras. Quando sua esposa ligou para o telefone celular por volta das 09h, quem atendeu foi um homem informando que havia achado o aparelho no bairro Baianão e que após as 13h, quando saísse do trabalho, daria um jeito de fazer a entrega do telefone. A esposa ligou outras vezes, mas o telefone permaneceu desligado.

Aflita com o desaparecimento do marido, ela acionou a Polícia Militar por volta das 13h. Equipes do 8º Batalhão da Polícia Militar de Porto Seguro efetuaram busca e aproximadamente três horas depois, o corpo do bispo evangélico foi localizado no interior de um imóvel no bairro Casas Novas, na zona norte de Porto Seguro. Segundo a polícia a vítima teria sido levada pelos bandidos em seu próprio carro, um Fiat Línea, cor preta.

(Foto: Baianão)(Foto: Baianão)

Ainda segundo a polícia, o corpo do Bispo foi encontrado com as mãos amarradas e caído ao lado de uma cama com diversas perfurações pelo corpo, provocadas por objeto perfuro cortante. Durante diligências realizado por policiais militares foi realizado a prisão Luiz Felipe dos Santos, 18 anos apontado como principal suspeito pela morte do bispo.

O carro do pastor foi encontrado estacionado dentro de um motel as margens da BR-367, próximo da Delegacia da Polícia Civil na entrada da cidade. O suspeito detido teria sido o mentor do roubo seguido de morte, ao ponto de levar a vítima para sua própria casa, onde foi assassinada a golpes de peixeira. Questionado sobre o crime Luiz Felipe falou que só falaria alguma coisa na presença do seu advogado.

Link curto: http://bit.ly/2JvrQQG

TÓPICOS:
Morte Pastor Latrocínio Porto Seguro Crime

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu