Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 03/08/2016, por Alessandro Granda Atualizado: 03/08/2016 às 07h09, por Alessandro Granda

Crimes

Menor é agredido por populares após roubar celular de grávida

Populares revoltados com a situação passaram a dar socos até a chegada da Polícia Militar

Redação com informações do site Teixeira News


(Foto Teixeira News)(Foto Teixeira News)

Um adolescente de 17 anos foi agredido pela população após roubar o celular de uma mulher grávida na última segunda-feira (1º) no bairro Vila Caraípe, região central de Teixeira de Freitas.

Uma rápida mobilização de policiais militares da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM) evitou o linchamento do menor. O infrator abordou a grávida e simulando estar armado exigiu que a mesma lhe entregasse o celular. Durante a fuga populares perseguiram o jovem que foi alcançado e detido.

O adolescente após estar imobilizado começou a ser agredido por pessoas que estavam indignadas com a situação e passaram a aplicar-lhe socos e pontapés, principalmente na região da face, provocando lesões e sangramento.

O menor infrator foi apresentado na sede da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (COORPIN). Devido aos ferimentos ele foi encaminhado ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), para receber atendimento médico. O menor será apresentado ao Ministério Público e à Vara da Infância e Juventude, para aplicação de medida sócio educativa prevista no Estatuto da Criança e Adolescente.

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Jovem Agredido Grávida Teixeira De Freitas Celular Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.