Cidadania

Ações de conservação ambiental da Veracel serão temas de estudos em pós-doutorado

Para a pesquisadora Maria Otávia, projeto irá contribuir para a sustentabilidade no meio rural em uma das regiões mais biodiversas do mundo

Veracel Celulose
24/06/2016 por Redação, atualizado em 24/06/2016 às 18h23 por Redação

RPPN Estação Veracel em Porto Seguro. (Divulgação)RPPN Estação Veracel em Porto Seguro. (Divulgação)Uma parceria inédita entre a Veracel e a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) criou oportunidade para a realização de um estudo das estratégias de conexão biológica entre unidades de conservação por meio dos corredores ecológicos. O projeto foi elaborado pela doutora em Ciência Ambiental pela USP, Maria Otávia Crepaldi e será supervisionado pelo professor Dr. Asher Kiperstok da UFBA/UFSB e pela gestora da RPPN Estação Veracel, Virgínia Camargos, que é doutora em Botânica pela UFV.

De acordo com Virgínia Camargos, essa parceria abrirá outras oportunidades no meio acadêmico, possibilitando novos estudos científicos. “Essa parceria é um importante passo para o desenvolvimento do conhecimento científico na região”. Virgínia acredita também que poderão surgir interesses para fontes financiadoras de pesquisas não somente da área de conservação ambiental, como também de tecnologia, melhoramentos, indústrias, entre outras.

O projeto de pesquisa terá, inicialmente, 12 meses de duração e prevê duas etapas. A primeira etapa será de identificar os melhores caminhos para implantação dos corredores entre as
Unidades de Conservação (UC) selecionadas com o auxílio de ferramentas da Ecologia de Paisagem. Depois, está prevista uma avaliação em campo para o planejamento da implantação dos corredores. “Este projeto também irá contribuir para a sustentabilidade no meio rural em uma das regiões mais biodiversas do mundo”, comenta a pesquisadora Maria Otávia.

Um projeto piloto para formação do corredor ecológico entre o Parque Nacional do Pau Brasil e a RPPN Estação Veracel foi desenvolvido entre 2015 e 2016 pelos parceiros da Veracel Celulose, a The Nature Conservancy (TNC) e o Instituto BioAtlântica (IBIO). Os resultados serão publicados em artigos científicos, congressos e simpósios acadêmicos. Além da RPPN Estação Veracel, o Parque Nacional Pau-Brasil, o Refúgio de Vida Silvestre do Rio dos Frades e a RPPN Rios do Brasil também serão parte do estudo.

Link curto: http://bit.ly/2qqPbdA

TÓPICOS:
Veracel Rppn Preservação Meio Ambiente Matas Parque Nacional Celulose

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu