Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 19/05/2016, por Alessandro Granda Atualizado: 19/05/2016 às 08h55, por Alessandro Granda

Geral

Mulher aparece sem barriga antes de parto e forja sumiço de bebê em Ilhéus

Na delegacia ela contou 3 versões à polícia para explicar desaparecimento de criança

Redação com informações do site G1 Bahia

(Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)(Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

Uma jovem de 21 anos que estava grávida surpreendeu a todos ao aparecer sem a barriga e simular o sumiço do bebê em depoimento à Polícia Civil na cidade de Ilhéus, região Sul da Bahia. O parto da mulher de prenome Fernanda estava marcado para a última quarta-feira (18).

Na última terça-feira (17), véspera do parto, Fernanda apareceu sem a barriga depois de dizer que iria visitar uma amiga. O pai da criança perplexo com a situação, o DJ Neto Nogueira, compareceu até a delegacia e prestou queixa. Ele revelou que estava separado de Fernanda desde o início da gravidez e queria entender porque ela tinha sumido com a criança.
"Todo mundo da família já estava esperando. O enxoval estava todo completo, tudo pronto e acontece isso", afirmou.

Familiares de Fernanda afirmaram que todos estavam na expectativa pelo nascimento do menino, que se chamaria Anthony Gabriel. Alguns parentes disseram que também acompanharam os primeiros meses de gestação.

(Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)(Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

A delegada Darlúcia Palafoz responsável pelo caso disse que Fernandacontou três versões para explicar o desaparecimento do bebê. A mulher chegou a mobilizar equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Durante depoimento, uma das versões contadas por Fernanda foi que ela teve o bebê numa praia da cidade e que depois jogou a criança no mar. A polícia acionou o Corpo de Bombeiros, que fez buscas pela praia da Avenida Suarez Lopes por cerca de três horas, mas a criança não foi localizada.

"Inicialmente, ela disse que tinha sido atropelada e que o Samu a socorreu e tinha levado a criança para algum lugar. Mas isso caiu por terra, não foi confirmado. Depois, ela disse que pariu a criança na praia e jogou o bebê no mar. Mobilizamos Corpo de Bombeiros e a polícia. Eu também fui no local pessoalmente. Ela demostrava estar abalada e chegou a desmaiar na sala da delegacia, e a gente chamou o Samu", afirmou a delegada .

Fernanda foi foi encaminhada ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) para ser submetida a exames com a finalidade de confirmar se realmente o bebê tinha nascido recentemente, mas o resultado deu negativo. O exame não encontrou vestígios de parto e nem aborto recentes, segundo a polícia.

Ainda segundo a delegada, depois do exame, Fernada contou a terceira versão. "Ela infomou que o pai da criança, que tem outro relacionamento, não quis assumir essa criança e quis que ela abortasse. Ela disse que se aborreceu muito. Ela disse que queria ter a criança, mas que depois mudou de ideia. Agora, ninguém sabe quando foi que ela perdeu ou abortou esse bebê", destacou.

Caso seja confirmado que Fernanda provocou a morte do feto, ela responderá pelo crime de aborto. Após o depoimento, a jovem foi liberada da delegacia para responder o processo em liberdade. Um inquérito foi aberto, e a polícia tem 30 dias para concluir as investigações.

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Jovem Grávida Ilhéus Aborto Polícia Civil Delegada Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.