Geral

Revogado prisão de acusado de matar empresário em Teixeira de Freitas

Decisão do juiz foi motivado após o mesmo reavaliar os fatos no pedido feito pelos advogados do acusado

Redação com informações do site Teixeira News
05/02/2016 por Alessandro Granda, atualizado em 05/02/2016 às 09h02 por Alessandro Granda

(Foto divulgação Polícia Civil)(Foto divulgação Polícia Civil)

Foi revogado pelo juiz Humberto José Marçal, titular da 1ª Vara do Sistema do Juizado Especial e 1º substituto da Única Vara Criminal da comarca de Teixeira de Freitas, no final da tarde da última quinta-feira (4), o mandado de prisão preventiva de Renilton Prachedes Rodrigues, de 20 anos, acusado pela polícia de atirar e matar o empresário Vitor Aguiar Antônio, 30 anos, crime ocorrido na madrugada do dia 19 de dezembro do ano passado, na casa da vítima, localizada à rua Tapajós, no bairro Universitário, na região sul de Teixeira de Freitas.

A decisão de Marçal foi motivado após o mesmo reavaliar os fatos no pedido feito pelos advogados do acusado. A decisão do magistrado foi entregue pelos oficiais de Justiça à Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas (DEPOL) e a soltura do preso foi imediata. Prachedes passa a responder à acusação, porém em liberdade.

Relembre o caso
O crime aconteceu no início da madrugada de sábado, dia 19 de dezembro de 2015, quando o jovem empresário Vitor Aguiar Antônio, de 30 anos, então dono da Concessionária Hyundai de Teixeira de Freitas, recebia alguns amigos numa de suas casas que fica na divisa entre os bairros Kaikan e Universitário, e foi alvejado com um tiro de revólver calibre 38, disparado pelo lado de fora de um dos portões do imóvel.

Link curto: http://bit.ly/2qr4tyP

TÓPICOS:
Revogado Prisão Acusado Morte Empresário Teixeira De Freitas

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu