Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 01/02/2016, por Redação Atualizado: 03/02/2016 às 14h25, por Redação

Geral

Embasa diz ter encontrado manganês em água fornecida em Itagimirim

Substância pode ser prejudicial para a saúde. Escritório local da empresa informou que o problema será resolvido ainda nesta segunda-feira (1)

Redação Rastro101

População está alarmada com a situação da água fornecida pela embasa (Foto: Rastro101)População está alarmada com a situação da água fornecida pela embasa (Foto: Rastro101)

O problema com a qualidade da água fornecida pela Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A), se agravou nos

últimos dias com a descoberta de outra substância química presente no líquido. Em segunda análise, a empresa informou que foi encontrada a presença de manganês, um metal que ocorre na forma de mineral.

De acordo com o gerente local, Ramildo Camilo, o problema com o ferro encontrado na água já foi resolvido, mas surgiu outro problema com a descoberta do manganês, que é prejudicial à saúde, que com o consumo elevado pode trazer problemas graves. Ramildo informou que o fornecimento não foi interrompido pois uso para banho, lavagem de roupas e utensílios pode ser feito normalmente, mas que o consumo próprio não é recomendado, já que o laboratório não informou a quantidade encontrada.

Qualidade da água fornecida com resíduos de metais. (Foto: Rastro101)Qualidade da água fornecida com resíduos de metais. (Foto: Rastro101)

Ramildo informou ainda que técnicos de Itamaraju estão chegando em Itagimirim para resolver o problema nesta segunda-feira (1). "Falei com eles hoje pela manhã e já iremos resolver o problema", disse ele ao Rastro 101, que explicou que o tratamento será feito ainda na fonte de captação de água, com a aplicação de peroxido de hidrogênio.

De acordo com Ramildo Camilo, problema será resolvido ainda nessa segunda (Foto: Rastro101)De acordo com Ramildo Camilo, problema será resolvido ainda nessa segunda (Foto: Rastro101)

A população está alarmada com a situação e todos esperam uma resposta imediata da empresa. Muitos reclamam que a água está viscosa e grudando na pele após o banho, e ninguém quer beber a água, tendo que buscar água em chafariz e comprar água mineral para beber. "Fui lavar as roupas e elas ficaram todas manchadas com a água cheia de ferrugem", disse uma consumidora.

Tratamento será realizado ainda na fonte de captação, com a adição de peróxido de hidrogênio (Foto: Rastro101)Tratamento será realizado ainda na fonte de captação, com a adição de peróxido de hidrogênio (Foto: Rastro101)

De acordo com o professor farmacêutico-bioquímico George Emílio Cicutti Lanes, a água mineral é composta por substâncias importantes para o organismo, mas que se houver alguma dessas substâncias em excesso, pode causar problemas sérios. No caso do manganês encontrado nas águas em Itagimirim, o consumo a longo prazo pode causar câncer ou alguma outra doença grave, mas que o consumo a curto prazo não é tão alarmante, podendo causar apenas intoxicações, principalmente em crianças. O professor explicou ainda que o tratamento com o peróxido de hidrogênio, reage e transforma o magnésio em 'cloreto de magnésio', -"um sal que parece com aquela ferrugem que surge quando se coloca água sanitária", explicou o professor.

O Rastro 101 tentou contato por telefone com o laboratório responsável pela a análise da água em Itagimirim para saber qual a quantidade encontrada do metal na água, e se pode ou não ser consumida sem causar transtornos, mas não houve retorno da ligação.


NOTÍCIAS RELACIONADAS
Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Embasa água Manganês Saúde Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.