Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 09/12/2015, por Alessandro Granda Atualizado: 09/12/2015 às 09h03, por Redação

Crimes

Adolescente de 14 é estuprada após marcar encontro no Facebook em Itamaraju

A vítima sofreu várias hemorragias, chegou a ser internada duas vezes e passou por duas cirurgias

Redação com informações do site G1 Bahia

(Foto: Kátia Petersen/TV Santa Cruz)(Foto: Kátia Petersen/TV Santa Cruz)

Uma adolescente de 14 anos foi vítima de estupro por um jovem de 19 após se marcarem um encontro pela rede social Facebook, na cidade de Itamaraju.

Conforme informações da delegada Rosângela Santos, após o crime, o rapaz se apresentou de forma espontânea à polícia, confessou o crime, mas ainda não foi preso. Familiares da adolescente revelaram que a jovem conheceu o rapaz e trocou mensagens com ele por cerca dois meses antes de marcarem o primeiro encontro.

Indignados, familiares da vítima fizeram um protesto pelas ruas da cidade, para pedir justiça. Outra manifestação já tinha ocorrido na semana passada. De acordo com informações da Polícia Civil, o inquérito já foi concluído e remetido à Justiça, que deverá determinar a prisão do suspeito.

Em depoimento o jovem contou que a adolescente saiu de casa, pegou um ônibus e se encontrou com o rapaz em um um local marcado. O jovem já a aguardava em uma moto e, em seguida, foram para a casa dele.

"Ele disse que queria conhecê-la e os dois marcaram esse encontro. Chegando lá na casa dele, ele tentou ter relação sexual, mas ela não quis. Então, ele jogou ela no quarto e a estuprou", relatou Enoque Rodrigues, amigo da família da vítima.

A adolescente sofreu várias hemorragias, chegou a ser internada duas vezes e passou por duas cirurgias. "Ela pensou que fosse dar apenas uns beijinhos, mas ele puxou ela para o quarto e tirou a roupa dela a força", disse a delegada.
Ainda conforme Rosângela Santos, após o estupro, o rapaz contou que ficou com medo ao perceber que a adolescente estava com hemorrogia e chamou uma tia dele para ajudar a socorrer a garota, que foi levada às pressas para o Hospital Regional de Itamaraju.

"Ela chegou ao hospital desmaiada, levada pela tia do acusado, que é técnica de enfermagem. Ficou seis dias internada. Depois, ela foi para casa, mas teve outra hemorragia e, na terça-feira [dia 1º de dezembro] teve que voltar para a unidade de saúde e depois foi transferida para Teixeira de Freitas, mas agora já está em casa e está bem", contou o amigo da família da garota.

A delegada Rosângela disse que o rapaz se apresentou com o advogado no dia 27 de novembro, uma semana após o estupro. Além dele e da jovem estuprada, a delegada ouviu a mãe da garota e duas tias do suspeito, entre elas a que ajudou a socorrer a vítima após o crime.

"O jovem prestou depoimento e foi liberado. Não ficou preso justamente pelo fato de ter se apresentado de forma espontânea. Mas já fechei o inquérito e remeti à Justiça. O MP deve denunciá-lo nos próximos dias", disse.

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Adolescente Estupro Itamaraju Polícia Jovem Manifestação Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.