Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 02/08/2015, por Redação Atualizado: 02/08/2015 às 12h16, por Redação

Justiça

Após manifestações em Itagimirim, polícia emitiu nota sobre o caso Rielson

Segundo polícia, três pessoas envolvidas no assassinato de Rielson já foram presos, mas acabaram sendo liberados mediante decisão judicial

Rastro101

Policiais entregam intimação para suspeito pela morte de Rielson Lima. (Arquivo/Rastro101)Policiais entregam intimação para suspeito pela morte de Rielson Lima. (Arquivo/Rastro101)

A Polícia Civil já teria devolvido à Justiça o inquérito que aponta Alecsandro Neves Lopes, o “Sandro Seco”, João Neto Leles Pereira e Luiz Henrique Ramos Lacerda como os responsáveis pelo assassinato do ex-prefeito de Itagimirim, Rielson Lima, assassinado a tiros, no final de julho de 2014, na Avenida 13 de Maio, em frente à principal praça da cidade.

O delegado Ricardo Costa, o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), informou que o procedimento de número 17/201, que estava em posse do Ministério Público (MP), havia sido remetido à Polícia Civil com orientações para que fosse feito o cumprimento de diligências e solicitações de medidas cautelares, e que agora, o documento já se encontra com a Justiça.

Alecsandro "Sandro Seco", João Neto e Luís chegaram a ser presos durante a investigação, mas acabaram sendo soltos mediante decisão judicial.

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Prisão Assassinato Rielson Lima Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.