Economia

Inscritos no Programa Agrovida de Itagimirim reclamam de demora

Inscritos já passaram por todas as etapas de preparação para assumir seus lotes e aguardam a liberação dos terrenos pela Veracel Celulose

Ascom / Prefeitura de Itagimirim
30/06/2015 por Redação, atualizado em 01/07/2015 às 20h46 por Redação

(Foto: ASCOM)(Foto: ASCOM)

Inscritos no Projeto Agrovida da sede do município de Itagimirim, que já passaram por todas as etapas de preparação para assumir seus lotes e darem início ao tão sonhado plantio, estão aguardando a liberação dos terrenos pela Veracel Celulose. Segundo o presidente da associação responsável pelo comodato com a empresa de celulose, o dinheiro já foi depositado na conta da associação para a contratação dos serviços de preparação da área a ser distribuída.

Um acordo foi firmado com a Associação responsável pelo Agrovida do Distrito de União Baiana, para a contratação dos equipamentos agrícolas para prestar o serviço em Itagimirim, uma vez que aquela associação dispõe de maquinários aptos para preparar a terra, mas que depende apenas do repasse dos recursos já disponibilizados pela Veracel Celulose. Enquanto isso os inscritos no Programa estão ansiosos para dar início ao plantio. São 29 pessoas contempladas com glebas de um hectare cada, o que equivale a 10.000 m².

Segundo Napolião Pereira, um dos envolvidos no projeto o repasse dos recursos para a associação de União Baiana, referente à contratação dos equipamentos, é apenas uma questão de tempo, devido ao processo burocrático e que tudo já está sendo resolvido nos próximos dias. Napolião garantiu também que promoverá uma reunião em breve com os contemplados para informar com mais detalhes o motivo da demora.

Ascom – Prefeitura de Itagimirim

Link curto: http://bit.ly/2qhlsDX

TÓPICOS:
Ascom Prefeitura De Itagimirim Agrovida

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu