Menu

MENU

Início Notícias Agenda Contato
PUBLICIDADE

Publicado: 25/03/2015, por Redação Atualizado: 25/03/2015 às 19h53, por Redação

Educação

UEFS, UESB e UESC entram em estado de greve

Nessa quarta-feira, as universidades estaduais: UEFS, UESB E UESC votaram e deflagaram estado de greve

Redação Rastro 101 com base: Blog de Ilhéus

Professores em votação pelo estado de greve; na UESC (Foto:Blog de Ilhéus)Professores em votação pelo estado de greve; na UESC (Foto:Blog de Ilhéus)As universidades: Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Universidade Estadual do Sudoeste (UESB) e a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) declaram estado de greve essa semana. A UEFS e UESB se reuniram em assembleia na tarde e noite de ontem (24) e decidiram entrar em greve. Dessa forma os professores declaram paralisação geral das atividades e esperam resposta do Estado, em relação a suas pautas, sendo as principais reposição salarial e fim dos cortes orçamentários nas universidades.

A UESC, se reuniu em assembleia nessa quarta (25), por volta das 14h30. Na pauta de hoje da reunião da UESC, os docentes decidiriam se iriam aderir a greve ou a paralisação estadual no dia 8. As decisões seriam motivadas principalmente pelo posicionamento das outras instituições, seguindo a recomendação do Fórum ADS, que é responsável por agrupar as associações das Universidades baianas. O resultado da votação na UESC foi: aprovação do estado de greve. Portanto os professores seguiram o que já havia sido decidido por outras universidades estaduais.

Os docentes transmitem enorme insatisfação com o governo do estado, e adentram na greve geral. Foi aprovada também a paralisação do dia 8, e nesse mesmo dia os professores iram até a Secretaria de Educação do Estado, em Salvador, para levar as suas reivindicações.

O estado de greve pode se reverter em paralisação até a primeira quinzena de abril. E se a romaria do dia 8 até a Secretaria de Educação do Estado, não resultar em um posicionamento favorável a categoria, promoverão novas assembleias para votar a greve.

O provável é que em caso de negativa das pautas, os professores iram manter a greve.

Nosso número do WhatsApp: (73) 9 9910-1023
Através de nosso canal no WhatsApp, você poderá enviar perguntas, sugestões, relatos, além de áudio, fotos ou vídeos que poderão virar notícia no site após apuração de nossa equipe. Fique ligado com a redação do RASTRO101!

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Greve Universidades Docentes Paralisação Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



  • Quem somos
  • Editorial
  • Privacidade

  • RASTRO101
    © COPYRIGHT 2011-2018 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.