Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 19/01/2015, por Redação Atualizado: 01/02/2015 às 02h09, por Redação

Cidadania

Veracel contribui para implantar uma nova realidade rural na região

Projeto de agricultura familiar da Veracel traz mais oportunidades para moradores da região.

ASCOM / Veracel

Veracel contribui para implantar uma nova realidade rural na região. (Foto: Divulgação/Veracel)Veracel contribui para implantar uma nova realidade rural na região. (Foto: Divulgação/Veracel)

Graças ao apoio da Veracel, vinte e cinco agricultores de uma pequena comunidade do Sul da Bahia, estão tendo a oportunidade de cultivarem um “novo mundo” para si e para as suas famílias. Eles são moradores do distrito de Mundo Novo, em Eunápolis, e fazem parte do Projeto Agrovida da Veracel, que incentiva o desenvolvimento da agricultara familiar na região.

O Projeto Agrovida foi idealizado pela Veracel como solução para as áreas de recuo do plantio de eucalipto próximas à comunidade, criando oportunidades de geração de renda para seus moradores. Além de estimular a formação de uma associação que represente as famílias assistidas pelo projeto, a empresa ainda disponibilizou uma área, em regime de comodato, para que estes agricultores possam desenvolver suas atividades agrícolas.

Desde que chegou à comunidade, em 2014, o Projeto Agrovida já gerou forte engajamento dos moradores de Mundo Novo. (Foto: Divulgação/Veracel)Desde que chegou à comunidade, em 2014, o Projeto Agrovida já gerou forte engajamento dos moradores de Mundo Novo. (Foto: Divulgação/Veracel)

Desde que chegou à comunidade, em 2014, o Projeto Agrovida já gerou forte engajamento dos moradores de Mundo Novo. Com uma população de cerca de 800 habitantes e uma economia baseada na pecuária de corte e no trabalho com cerâmica (telhas e blocos), a agricultura familiar surge como uma nova oportunidade de geração de renda entre os moradores. “Essa é um das melhores coisas que já aconteceram para nós. E estou muito feliz com tudo isso. Estamos tendo a oportunidade de plantar e colher o nosso próprio sustento. Isso sim, dignifica o homem”, afirma o agricultor Valdomiro Bernadino Rocha, 66 anos, considerado um dos moradores mais antigos da comunidade.

Além de disponibilizar as terras e insumos para o plantio, cada um dos agricultores participantes do projeto, teve ainda suporte técnico da CEPLAC (Comissão Executiva da Lavoura Cacaueira) e participou de oficinas de capacitação sobre Escolha e Preparo do Solo; Calagem e Adubação; Preparo de Manivas para o Plantio; Métodos de Controle de Pragas e Ervas Daninha, assim como questões relacionadas à promoção de Associativo Rural e Cooperativismo.

Para o presidente da Associação Comunitária de Mundo Novo, Carlos Mendes, desde que esta parceria com a Veracel foi iniciada a comunidade passou por grandes avanços. “Antes a associação passava por um descrédito devido a projetos que não eram concluídos, mas com o projeto Agrovida foi diferente. A empresa adubou, forneceu insumos, treinamento e acompanhamento técnico e já plantamos diversos produtos. Agora, vamos poder abrir conta em banco e até buscar financiamentos para futuros projetos”, comentou esperançoso.

De acordo com a especialista em Responsabilidade Social da Veracel, Izabel Bianchi, o projeto ainda está em fase de implantação e o sucesso dele será resultado do empenho de cada uma das partes envolvidas. “Estamos criando condição para que estes agricultores possam utilizar a produção destes gêneros para a melhoria da qualidade de vida de suas famílias. Para isso, o comprometimento de todos é fundamental”, explica a especialista.

TEXTOProjeto Agrovida é um programa de agricultura familiar voltado para a produção de alimentos para consumo da própria comunidade, fornecimento de alimentos para a merenda escolar e instituições do município. (Foto: Divulgação/Veracel)

Campo fértil para novas práticas – Considerado uma experiência metodológica de sucesso, o Projeto Agrovida é um programa de agricultura familiar voltado para a produção de alimentos para consumo da própria comunidade, fornecimento de alimentos para a merenda escolar e instituições do município. Iniciado em 2009, na comunidade de Ponto Central, distrito de Santa Cruz Cabrália, sua metodologia já está sendo reproduzida no distrito de Mundo Novo, em Eunápolis, e implantada no município de Itagimirim. A proposta é ainda estendê-lo para outras comunidades da região.

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.