Crimes

Familiares e amigos realizam caminhada pedindo respostas para a morte de Rielson

Mais de 70 dias se passaram e nenhuma resposta foi apresentada para a população. Familiares e amigos prometeram não descansar enquanto não tiverem uma resposta.

Rastro101
10/10/2014 por Redação, atualizado em 30/07/2016 às 13h52 por Redação



Passados mais de 70 dias sem respostas por parte das autoridades pela morte de Rielson Lima, assassinado de forma bárbara na noite do dia 29 de julho em plena praça pública de Itagimirim, familiares e amigos resolveram, mais uma vez, realizar uma caminhada pelas ruas de Itagimirim, no final da tarde desta sexta-feira (10).

Centenas de moradores, amigos e familiares de Rielson, saíram em passeata pelas ruas de Itagimirim. (Foto: Rastro101)Centenas de moradores, amigos e familiares de Rielson, saíram em passeata pelas ruas de Itagimirim. (Foto: Rastro101)

Com faixas e um carro de som, familiares e centenas de amigos caminharam em silêncio pelas principais ruas da cidade. Nos locais em que as pessoas passavam, era possível ver moradores emocionados nas janelas de suas casas, mostrando tristeza e indignação pela injustiça. A caminhada começou na Praça Prado Kelly, percorreu a Avenida Treze de Maio, Avenida Vespasiano Dias, e terminou na Praça Castro Alves, onde foi feito um breve discurso dos irmãos de Rielson Lima.

Moradores pediam por justiça, pois não ainda não houve resposta depois de mais de 2 meses. (Foto: Rastro101)Moradores pediam por justiça, pois não ainda não houve resposta depois de mais de 2 meses. (Foto: Rastro101)

Centenas de pessoas, já emocionadas, se reuniram para ouvir, o que os familiares tinham a dizer sobre o sofrimento. Carlinhos, um dos irmãos de Rielson, disse que a família acredita na justiça e que ainda esperam uma resposta para o crime bárbaro. Ele disse que a caminhada, feita por amigos e parentes, mostra o quanto Rielson era querido por todos. Carlinhos agradeceu a força que a família vem recebendo de todos os amigos.

Multidão se reuniu na Praça Castro Alves. (Foto: Rastro101)Multidão se reuniu na Praça Castro Alves. (Foto: Rastro101)

Eliade, irmã que era muito ligada a Rielson, também falou sobre a indignação e tristeza que todos estavam passando. Um momento de muita emoção foi quando ela citou o exemplo do filho de Rielson, de apenas 5 anos, que a todo momento pergunta sobre o pai. "Não temos uma resposta para dar. É revoltante não saber o motivo, e não saber quem foi o culpado por tirar a vida de um pai, de um esposo, um filho, um irmão, um amigo". Eliade também agradeceu, muito emocionada, a presença de todos.

Irmão, irmã, esposa e tia, familiares e amigos clamaram por justiça. (Foto: Rastro101)Irmão, irmã, esposa e tia, familiares e amigos clamaram por justiça. (Foto: Rastro101)

Várias declarações e entrevistas concedidas por responsáveis pelas investigações sobre a morte de Rielson Lima, dizem que o caso está quase concluído e que estão preparando para dar uma resposta para a população. A família e amigos continuam pedindo justiça e agilidade para a elucidação do crime ocorrido a mais de 70 dias, e prometem não descansar enquanto a justiça não apresentar uma resposta.

Álbum de imagens

Link curto: http://bit.ly/2qcqjpQ

TÓPICOS:

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu