Menu

MENU

PUBLICIDADE

Publicado: 06/08/2014, por Redação Atualizado: 08/08/2014 às 17h19, por Redação

Justiça

Servidores de Itapebi se mobilizam em frente à prefeitura

Professores e outros servidores públicos com salários atrasados cobram para que a situação seja resolvida

Por Itapebiacontece


Servidores públicos se mobilizam em frente a prefeitura municipal. (Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)Servidores públicos se mobilizam em frente a prefeitura municipal. (Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)

Não existem razões para tamanha irresponsabilidade por parte do prefeito de Itapebi, Francisco Brito e seus secretários. O município arrecadou no mês de julho R$ 1.661.000,00, fora as arrecadações próprias. Desde que assumiu a Prefeitura estabeleceu-se no município, diversas situações extremas, nunca vistas nas atuais administrações, depois da Lei de Responsabilidade Fiscal. Não existe Justiça. O Ministério Público da Comarca Local está sem titular, já passam vários promotores nos últimos anos.

O prefeito tem se tornado uma figura distante, descomprometido e de um cinismo sem proporções, além de mentir sucessivamente para a população, para os servidores municipais e fornecedores. Completamente isolado, só chega à cidade às escondidas, se reúne às altas horas da madrugada, não atende a população, não tem telefone, não tem moradia na cidade, ninguém sabe onde encontra-lo, e não tem família no município.

Os problemas se agravam em todas as partes, as secretarias um total de 12, não funcionam. A Prefeitura está abandonada, só a atendente do gestor faz o papel de boba da corte, em um Gabinete que só anda fechado. Segundo ela, Francisco atendeu apenas uma vez este ano, no início do mês de janeiro, de lá para cá, desapareceu. Um servidor de plantão disse nesta terça-feira, 05, que a Prefeitura está entregue às moscas.

Servidores saíram às ruas com faixas e cartazes. (Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)Servidores saíram às ruas com faixas e cartazes. (Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)

Membros da APLB/Itapebi, juntamente com a professora Jovita, e o professorado, paralisaram as aulas desde ontem, e nesta quarta-feira, 06, continuaram com a paralisação, fazendo manifestação e indo ao Gabinete do prefeito Francisco para cobrar soluções e os pagamentos das folhas dos contratados nos meses de junho e julho, em atraso, e sem previsão de recebimento. Além de alguns dos funcionários da administração que tem mais de quatro meses sem receber seus salários.

Servidores cobram o pagamento de salários atrasados. (Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)Servidores cobram o pagamento de salários atrasados. (Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)Muitos professores estão passando dificuldades. Os ônibus do transporte escolar estão parados, alunos sem aulas, e as escolas fechadas. Segundo informações da própria Professora Jovita quando vinham para Itapebi encontrou um ônibus Escolar (Fundeb), parado com falta de combustível com dezoito alunos dentro do veículo. O secretário de Finanças fugiu da Prefeitura com medo dos cobradores e sem ter como resolver os problemas. O secretário de Governo, também desapareceu, informações dão conta que ele está em Salvador a procura de emprego. Ninguém aparece, e o caos se estabelece, se afunilando no comércio e respectivamente em toda sociedade.

Ninguém sabe para onde vão os recursos do município, durante 19 meses do mandato de Francisco. Segundo o ex-vereador Florisvaldo Nunes, Chico está passando muitas dificuldades. Nos bastidores, dizem que o prefeito endividado até o pescoço. Dívidas com ciganos, agiotas e cobradores diversos. Não existe outro caminho a ao ser a intervenção da Justiça e o urgente afastamento do gestor. Pelo visto, não existem soluções, se o município continuar em suas mãos.

Aulas estão paralisadas desde a terça-feira. (Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)Aulas estão paralisadas desde a terça-feira. (Foto: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)E para completar o doutor Clemente Esteves, renomado advogado da cidade espalhou em todos os prédios alugados por sua família à prefeitura, avisos com o texto; “imóvel sujeito a despejo por falta de pagamento de alugueis; quatro meses atrasados”. Além destes também os imóveis da igreja católica também estão na mesma situação, segundo informações de pessoas ligadas a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, existe imóvel que durante toda a gestão só foram o pagos três meses dos alugueis.

Jovens das igrejas Itapebienses lideram manifesto nas redes sociais convocando a comunidade para participar de protesto no dia 14 de Agosto – Dia do aniversário de emancipação política da Cidade.

Comunicar erro na matéria

COMUNICAR ERRO

Este espaço destina-se apenas à comunicação de erros encontrados em nossos textos. Preencha os campos abaixo informando os detalhes do erro.



PUBLICIDADE

TÓPICOS: Veja mais
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Estamos nas redes sociais:

PUBLICIDADE

Últimas no Rastro

PUBLICIDADE
  Receba nossas notícias
PUBLICIDADE
Cadastre-se no Rastro101 e receba nossas notícias



RASTRO101
© COPYRIGHT 2011-2017 | DR WATSON INFORMÁTICA E PUBLICIDADE LTDA.