Justiça

Ex-prefeito de Itapebi vai a Júri Popular acusado por morte de vereador

Depois de 20 anos, Esmeraldo Costa Santos e mais dois envolvidos, vão a Juri Popular acusados de terem matado o Presidente da Câmara na época

aGazetaBahia
15/05/2014 por Redação, atualizado em 15/05/2014 às 07h33 por Redação

O ex-prefeito está sendo acusado pela morte de Gilberto Rodrigues Esteves, conhecido como Giba, na época, presidente da Câmara de Vereadores de Itapebi. (Foto: Arnaldo Alves)O ex-prefeito está sendo acusado pela morte de Gilberto Rodrigues Esteves, conhecido como Giba, na época, presidente da Câmara de Vereadores de Itapebi. (Foto: Arnaldo Alves)O ex-prefeito de Itabebi, Esmeraldo Costa Santos e mais dois envolvidos, os policiais, hoje, aposentados, Aristides Neri e Dari Gomes Marinho, vão a Júri Popular, no próximo dia 19, às 8h30min, no Salão do Júri do Fórum Mário Albiani, na Comarca de Eunápolis, extremo sul da Bahia.

O ex-prefeito está sendo acusado pela morte de Gilberto Rodrigues Esteves, conhecido como Giba, na época, presidente da Câmara de Vereadores de Itapebi. O crime aconteceu na noite de 11 de junho de 1995, no Clube Social, localizado, na Cidade Baixa, onde acontecia uma festa. Giba foi alvejado na cabeça e teve morte instantânea. A morte do vereador teve repercussão em toda Bahia, e estava no rol dos insolúveis. Familiares da vítima, antigos moradores de Itapebi, já tinham perdido as esperanças sobre o caso.

O processo se arrasta há 20 anos, e somente agora, os envolvidos estarão sentados no banco dos réus. O Júri terá como promotores Dr. João Alves Neto e Dinalmari Mendonça Messias, este, que acompanha o caso desde o início.

Link curto: http://bit.ly/2IWXfud

TÓPICOS:

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE

MAIS NOTÍCIAS DO RASTRO101
menu